Eventos, Notícias e Artigos...
Postagens Recentes

quinta-feira, 27 de abril de 2017

ENTIDADES APOIAM MOBILIZAÇÃO CONTRA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Todos os policiais fora de serviço estão convidados a participarem das mobilizações de 28 de abril.


quinta-feira, 20 de abril de 2017

PROFISSIONAIS DE SEGURANÇA PÚBLICA E SOCIEDADE CIVIL FARÃO ATO PÚBLICO COBRANDO LIBERDADE DE PMs RECLUSOS HÁ QUASE UM ANO

No próximo sábado (22) um grupo de profissionais de segurança pública promoverão um manifesto com a finalidade de chamar a atenção da justiça ante a prisão de sete policiais e um cidadão civil na “Operação Intocáveis", em Mossoró, os quais se encontram reclusos há 10 meses sob a acusação de integrarem um suposto grupo de extermínio.

Ocorre que desde a prisão dos PMs o número de homicídios não pára de crescer na cidade. Além dos crimes letais intencionais, a população se depara com aumento dos assaltos, inclusive com novas e ousadas modalidades como roubo de carros, latrocínio, arrastões em residências, ataques à prédios públicos (delegacias/bases policiais), viaturas da polícia sendo recebidas a tiros na periferia e até chacina (cinco pessoas assassinadas em um baile funk).

Enquanto isso, os PMs que exerciam dignamente suas atividades profissionais, com residências fixas, todos chefes de família, veem seus recursos parados em razão da morosidade judicial. Já para os criminosos de verdade, durante esse período, foram expedidos aproximadamente 360 alvarás só na Cadeia Pública de Mossoró. Alguns dos meliantes foram liberados, retornaram à cadeia após novas práticas criminosas, já receberam alvará novamente e estão na rua cometendo novos delitos.

Diante das circunstâncias apresentadas e de tamanha morosidade no tratamento dado a esses homens que por anos dedicaram suas vidas à sociedade, a Associação de Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região (APRAM) convoca seus associados e a sociedade em geral para se fazerem presentes ao ato no próximo sábado, às 09 horas, na Praça Rodolfo Fernandes (Praça do PAX), o qual cobrará a liberdade dos policiais e mais investimentos na segurança pública do Rio Grande do Norte.


Assessoria de Comunicação

quarta-feira, 5 de abril de 2017

MANDADO DE SEGURANÇA DETERMINA PAGAMENTO EM DIA PARA ASSOCIADOS DA APRAM

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte foi favorável ao mandado de segurança impetrado pelo jurídico da Associação de Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região (APRAM), através do advogado Roberto Barroso. O documento tem o objetivo de garantir que o pagamento dos militares sejam concedidos até o último dia útil de cada mês. Caso o prazo não seja cumprido o valor do salário deve ser reajustado com correção monetária proporcional aos dias de atraso.

O presente mandado de segurança foi motivado devido ao atraso recorrente no pagamento da remuneração dos militares e a decisão é válida apenas para associados da APRAM. “O atraso infringe o regimento constitucional e penaliza milhares de servidores que necessitam do pagamento em dia”, comentou o advogado. A decisão segue para publicação e intimação junto ao Governo do Estado para que este possa cumprí-la.


Assessoria de Imprensa

domingo, 2 de abril de 2017

Nota de Pesar

É com imenso pesar que a Associação de Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região (APRAM) recebe a notícia do falecimento do Subtenente PM Caucézio Alves de Oliveira, 45 anos, ocorrido neste domingo (02) num hospital de Fortaleza/CE.

Natural de Catolé do Rocha (PB), bacharel em direito pela UERN, o Subtenente Caucézio Alves incorporou na PMRN em 1992, formado no 2ºBPM e vindo a trabalhar em vários municípios da região. Ultimamente comandava o Pelotão de Tibau, lotado no 12ºBPM.

Profissional exemplar, inteligente, Caucézio sempre foi um parceiro de luta da APRAM e demais associações nas mobilizações em defesa dos direitos dos militares estaduais. Por suas qualidades, valor humanitário, sempre foi querido e respeitado por superiores e subordinados.

Lamentamos a perda deste nobre policial que por anos dedicou sua vida à instituição e sociedade. Desejamos nossos sinceros votos de pesar a todos os amigos e familiares. Que Deus possa confortar a cada um nesse momento tão difícil.


Diretoria APRAM #Luto

quarta-feira, 22 de março de 2017

POLICIAL MILITAR NECESSITANDO DE AJUDA PARA CIRURGIA

O Sargento Máximo, lotado no 12ºBPM, e que presta seus serviços na cidade de Caraúbas, está necessitando de realizar uma cirurgia delicada na cabeça, para retirada de um tumor, grave.

O procedimento cirúrgico é urgente e custa algo em torno de R$ 15 mil reais. Os familiares e amigos estão realizando uma campanha para angariar recursos para realizarem a cirurgia.


Seguem os dados da conta:
Agência do Banco do Brasil: 1038-3
Conta Corrente 13.337-X 
Favorecido: José Máximo Silva.

Podia ser qualquer um, mas hoje ele é quem está precisando de nós. Qualquer ajuda será bem vinda nesse momento delicado por que passa o companheiro. #AJUDE

segunda-feira, 13 de março de 2017

PRESIDENTE DA APRAM DISCUTE DESMILITARIZAÇÃO DA POLÍCIA NA UFERSA

Nesta segunda (13) o Soldado Tony Fernandes, presidente da APRAM, participou de encontro na prática jurídica da UFERSA aonde debateu com universitários sobre a Desmilitarização da Polícia. 

O dirigente defende que a desmilitarização trará mais dignidade aos profissionais enquanto trabalhadores e maior eficiência nas ações de segurança pública no país.

Assessoria de Comunicação.

quarta-feira, 8 de março de 2017

APRAM ORIENTA ASSOCIADOS ACERCA DA DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA 2017

Começou dia 2 de Março a entrega da declaração de Imposto de Renda para Pessoa Física (IRPF) 2017 e os associados da APRAM já podem realizar a entrega da documentação de segunda a sexta na secretaria da associação em frente ao 2ºBPM. A contadora avisa que o prazo final para entrega da documentação na sede da associação se encerrará dia 21 de Abril de forma a garantir agilidade na transmissão dos dados junto à Receita Federal.

Ivonete Carvalho, contadora da entidade, informa que os associados que anualmente declaram pela entidade e que não alteraram dados bancários, endereço, estado civil e número de filhos, basta trazer o Informe de Rendimentos da fonte pagadora (Governo do RN), Informe Emitido pela Agência Bancária e comprovante de aquisição de bens e despesas. “É preciso fornecer E-mail do declarante e trazer cópia do CPF dos dependentes (esposa e filhos maiores de 12 anos). A esposa só entra como dependente se não tiver trabalho registrado”, alertou.

Este ano ficam obrigadas a declarar as pessoas físicas que receberam rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70 (Vinte e Oito Mil, Quinhentos e Cinquenta e Nove e Setenta Centavos) em 2016. Quem não entregar a declaração no prazo estabelecido pagará multa mínima de R$ 165,74. Já o contribuinte que cair em malha, deverá pagar imposto suplementar e percentual sobre valor lançado pela receita federal.

Quem vai declarar pela primeira vez na APRAM  deve providenciar CÓPIA da seguinte documentação:

- CPF;
- Título de Eleitor;
- Banco, Agência e Conta;
- Comprovante de Endereço;
- Comprovante de despesas com saúde e educação;
- Documentos de bens adquiridos em 2016 com nome e CNPJ da empresa que vendeu;
- Relação dos dependentes, com data de nascimento e CPF (obrigatório acima de 12 anos);
- E-Mail;
- Telefone para contato;
- Informe de Rendimentos emitido pela agência bancária;
- Informe de Rendimentos (Se servidor do estado retirar no endereço: http://servicos.searh.rn.gov.br/searh/dirf?escolha=1).

INFORMAÇÕES: 33122309 ou 33162692.

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

ASSOCIAÇÕES SE REÚNEM COM COMANDO DA POLÍCIA MILITAR

Com o objetivo de confirmar os acordos pactuados no dia 14 de fevereiro, os representantes das associações das praças da Polícia Militar e Bombeiros estiveram reunidos com o subcomandante da PMRN, Coronel Ulisses Nascimento de Paiva, na tarde desta terça-feira (21). Segundo o Subtenente Eliabe Marques, é um compromisso das associações analisar o andamento de todas as demandas acordadas até a concretização. “Nossa ação não é apenas no dia da mobilização. Estaremos acompanhando de perto todos os processos até que seja efetivado”, destaca.


De acordo com Eliabe, está confirmado pelo Comando Geral que as promoções de dezembro de 2016 serão publicadas no prazo de 10 dias a contar do dia 14/02, beneficiando mais de 700 militares estaduais. Também foi informado que a Lei de Organização Básica terá ajustes realizados pelo comandante da PMRN. “Nossa solicitação é que as associações possam ter acesso a esses ajustes antes da LOB ser enviada para a Assembleia Legislativa”, colocou o dirigente.

Um dos objetivos da reunião também foi apresentar e analisar a otimização do controle e a estimativa de pagamento das Diárias Operacionais (DO). Está concluída a 5 fase que corresponde a integração do processo da DO entre PM e Seplan (Secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças). Antes deste aprimoramento da técnica de implantação, o processo durava em média cinco dias; a partir desta terça-feira (21) levará aproximadamente 30 minutos. Já a próxima fase prevê a inscrição do policial para concorrer a DO por meio de um aplicativo no aparelho celular.

Assessoria de Imprensa

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

MILITARES MARCAM ATO EM FRENTE À GOVERNADORIA COM INDICATIVO DE PARALISAÇÃO

Reunidas em assembleia geral unificada nesta quarta-feira (1º), as associações de praças e bombeiros militares do Estado decidiram pela realização de um ato em frente à governadoria, com um indicativo de paralisação para o dia 14 de fevereiro. Os pleitos aprovados foram:


• Efetivação das promoções de dezembro;
• Pagamento dos promovidos em agosto
• Pagamento do retroativo dos promovidos em 25/12/15 e 21/04/16;
• Definição de carga horária;
• Encaminhamento imediato das Leis de Organização Básica; 
• Atualização dos níveis remuneratórios;
• Fim da prisão administrativa, através de decreto do Governador;
• Retirada dos Policiais Militares dos presídios; e
• Fim da idade limite de ingresso para quem já ingressou na instituição.


No sentido de lutarem pela efetivação das demandas, os profissionais da segurança pública consideram a possibilidade de acamparem em frente à sede do Governo, até que os pontos sejam atendidos ou uma possível paralisação seja deliberada.

Antiga, a ausência de cumprimento das reivindicações contribuiu sobremaneira para levar o Rio Grande do Norte à atual situação de crise do sistema prisional. Com pouco efetivo, precárias condições estruturais de trabalho e carga excessiva, os militares enfrentam o desafio diário do aumento da criminalidade, com escassos recursos laborais e humanos.

O pagamento das promoções, a aprovação das Leis de Organizações Básicas e a realização de concursos públicos são exemplos de demandas há tempos prometidas, mas nunca realizadas. Mais do que nunca, a realização dos pleitos tornou-se matéria urgente para o Estado e inadiável para o Governo.

Assessoria de imprensa 

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

ENTIDADES REPRESENTATIVAS CONVOCAM CATEGORIA MILITAR PARA ASSEMBLEIA GERAL

 

Tecnologia do Blogger.